11 DICAS para dar anos de vida à tua roupa.

Posted on

Roupa de boa qualidade tem tendência a durar mais. As fibras são geralmente mais resistentes aos ciclos de lavagem e, por isso, o investimento acaba por compensar.

Mas nem todos temos budget para ter um armário gourmet repleto de roupa de alta qualidade e, como vivemos em democracia, até os tecidos mais “ordinários” têm direito a uma esperança média de vida alargada, se forem bem tratados 😊

Toma nota de algumas DICAS que podem ajudar a roupa a ter maior durabilidade e, por isso, ajudar-te também a poupar a carteira e o planeta!

Evitar lavar a roupa

Polémico, eu sei. Mas a verdade é que há muitas peças que se podem evitar lavar por tudo e por nada. A ganga, por exemplo, pode bem passar por largas semanas sem ver água. É um material altamente resistente à sujidade, não fosse ter servido para fazer fardas de mineiros. O próprio CEO da Levi’s já veio várias vezes a público explicar que não é necessário lavar os jeans com frequência!

Lavagens a baixas temperaturas

As altas temperaturas desgastam mais rapidamente os tecidos e a roupa de vestir, pelo que devemos optar por lavagens a frio ou a baixa temperatura (30.º). As altas temperaturas podem ficar para roupa mais suja, como roupa de cama e toalhas de banho.

Centrifugação baixa

Torcer muito a roupa pode ser muito agressivo para certos materiais, como o linho, as lãs, as sedas, entre outros. Além disso dificulta a nossa vida na hora de passar a ferro, pois a roupa sairá mais vincada da máquina.

Separar as cores

O orgulho de qualquer mãe! Brancos para um lado, cores para outro. “Ah, mas eu misturo tudo e uso uma toalhita absorvente”, pois, mas não é a mesma coisa. A toalhita pode ajudar a não tingir, mas a longo prazo a roupa branca ficará com ar mais “encardido”.

Evitar uso de branqueadores

A lixívia, quando usada em excesso, pode ajudar ao desgaste das peças. Devemos usar moderadamente e apenas se for necessário.

Secar a roupa ao ar, sem recurso a máquina de secar

É o melhor para a roupa e para o ambiente.

Estender a roupa de forma estratégica

Se estendermos a roupa com cuidado, evitando vincos de molas em locais mais difíceis, é possível que muitas peças possam fugir à tábua de engomar ou fazer desse trabalho algo mais fácil.

Retirar a roupa do estendal de forma estratégica

O mesmo para quando se retira a roupa do estendal. Se a dobrarmos bem ou a deixarmos logo pendurada em cabides, ficará mais esticadinha!

Proteger as peças mais sensíveis

Roupa interior, por exemplo, pode ser lavada dentro de sacos de rede, que ajudam a proteger da centrifugação e do contacto com outras peças. Não esquecer que este tipo de vestuário tem uma elevada rotação de lavagem, pelo que se o protegermos terá maior durabilidade.

Passar a ferro apenas o que for necessário

Há pessoas que gostam de ter tudo “passadinho” a ferro e outras que não vêm necessidade de passar absolutamente nada. Na minha opinião tem de haver um equilíbrio. Uma camisa tem, quase de certeza, de ser passada a ferro. Já uma t-shirt ou uns jeans podem escapar-se facilmente se forem bem lavados e bem estendidos.

Pendurar a roupa em cabides adequados

Funciona mesmo! Há muitos tipos de cabides: com enchumaços, com encaixes para alças e peças decotadas, com molas para calções ou saias, em triângulo para calças, etc. Se adequarmos o cabide à peça que queremos guardar, ela ficará com ar impecável até à hora de a vestir.

A isto tudo acresce dizer que seguir as instruções das etiquetas é também uma ajuda preciosa! Ler sempre a etiqueta é fundamental para conhecermos a nossa peça ao pormenor e dar-lhe o AMOR que ela precisa para viver mais tempo connosco!

SOFIA DEZOITO FONSECA
Consultora de Imagem e Fundadora do Healthy Project

0 Comentários

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.