6 Essenciais para um look pós-parto

Posted on

Ninguém nos prepara verdadeiramente para o desafio da maternidade. Os cursos pré-parto ajudam a ter uma noção de como devemos cuidar do bebé e de como devemos reagir em determinadas etapas do seu desenvolvimento, mas a verdade é que ninguém fala muito das fases pelas quais a mãe também passa.

Desde o início de gravidez até ao final o nosso corpo muda e transforma-se totalmente. Se é fácil gerir a nossa auto-estima nos meses iniciais, no último trimestre o desafio acentua-se e já não é tão fácil sentirmo-nos “nós” e sermos fiéis ao nosso próprio estilo. Quem fez barrigas grandes sabe bem o que isso é 🙂 É preciso imaginação e persistência para nos sentirmos bem e olharmo-nos ao espelho e dizer antes de sair de casa “estás mesmo gira”, apesar dos quilos acumulados e dos eventuais inchaços!

MAS, desengane-se quem pensa que o pós-parto é uma fase melhor no que diz respeito ao que podemos vestir. Existem felizes exceções, que em poucas semanas estão prontas a vestir as roupas de antigamente, mas, regra geral, demora um pouquinho mais. Então, o que fazer para não desanimar, não gastar rios de dinheiro em tamanhos grandes que não queremos manter muito tempo e conseguirmos conciliar a nova etapa com um estilo minimamente aceitável?

1 – Saias compridas e largas, de preferência com elástico na cintura. Ajudam a disfarçar os “pneuzinhos” e são uma boa aposta, pois o elástico permite que a saia se ajuste à medida que a silhueta vai afinando. Pode usar-se com uma t-shirt larga por dentro ou com um top mais curto sobre a zona da barriga.

2 – Camisolas e t-shirts largas + leggings. Este look transita do look de grávida, mas é de facto algo muitíssimo confortável. E nesta altura da vida dá um jeitão. Optem por túnicas ou t-shirts mais elaboradas para não dar aquele ar de “trazer por casa”, por exemplo como a túnica desta imagem. O look sairá muito favorecido.

3 – Adeus clutches, tote bags, malas tiracolo e por aí fora. Até um dia! Ser mãe é ser o mais prática possível, com tudo à mão de semear e os braços livres para embalar, dar biberão, mudar fraldas, etc. É por isso que as mochilas são excelentes opções! Hoje em dia existem muitos modelos e até alguns mais clássicos.

4 – Macacões largos, com decote (especialmente para quem amamenta) e com laçada (para disfarçar as gordurinhas) são uma boa aposta. Dão um ar composto, são práticos (com uma única peça estamos despachadas) e com o corte certo podem favorecer muito qualquer tipo de corpo.

5 – Calças largas com laçada. O mesmo é dizer “banhas para dentro”. Este modelo ajuda a esconder as gordurinhas e é super confortável e fresco (sim, ser mãe também influencia a temperatura corporal e peças frescas são um must have).

6 – Os vestidos, pois claro. Mesmo na gravidez, o vestido é a peça vencedora. No pós-parto é a mesma coisa, tendo apenas de se ter em atenção o modelo escolhido. Para quem amamenta botões e decotes traçados são muito importantes. Vestidos fluídos ou com laçada são também muito boas opções.

A acompanhar tudo isto, um par de sapatos confortáveis. Para quem gosta e está habituada a usar maquilhagem é muito importante continuar a usá-la. Não deixem de cumprir as vossas rotinas só porque agora são mães e não têm tanto tempo. Apesar de ser difícil, é importante continuar a fazê-lo (mesmo os profissionais de saúde assim o dizem). Se não conseguem fazer todo o ritual como antes, adaptem e criem um “atalho” na rotina. Por exemplo, usar um BB Cream ou CC Cream, usar corretor de olheiras e blush, usar rimel e um batom. Passos simples que fazem mesmo a diferença.

De resto é aproveitar esta fase e ser feliz!

Dificuldades em definir o teu estilo nesta fase pós-parto? Não sabes em que peças investir? Envia as tuas questões para info@healthyproject.pt

0 Comentários

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.