Shades of Red

Posted on

Será que um batom vermelho fica bem a toda a gente? A maior parte das pessoas diria, provavelmente, NÃO!

Mas a verdade é que há um truque muito simples, que faz com que todas nós possamos brilhar num tom vermelho. Tem a ver com o estudo das cores, muitas vezes falado na consultoria de imagem.

Existem, então, os tons frios e os tons quentes, em todas as cores. Por exemplo, no caso dos vermelhos: os tons quentes são aqueles que têm uma tonalidade ligeiramente ou assumidamente laranja, enquanto os tons frios apresentam uma mistura “azulada”, que fecha e carrega mais o tom (muito próximo do batom vermelho clássico).

A dificuldade está em conjugar as diferentes tonalidades com a pele de cada pessoa. É comum ouvirmos que este ou aquele tom fica melhor a peles claras ou escuras ou a loiras ou morenas. Bem, isso não é ASSIM tão linear. E é por isso que muita gente acaba por não “acertar” no tom certo para si ou achar que fica com um ar ridículo com esta ou aquela cor nos lábios.

Também os tons de pele podem ser orientados por peles quentes ou peles frias. Às vezes é bem difícil de ver a olho nu se uma pessoa tem uma pele quente ou fria, por isso se faz o teste de cores em consultoria de imagem. No caso dos batons vermelhos, concretamente, podemos simplesmente resolver da seguinte forma:

– batons vermelhos frios para peles frias (pessoas de tonalidade mais clara ou muito escura, branca ou negra, normalmente com as veias azuladas no interior do pulso). Podem ser loiras ou morenas.

– batons vermelhos mais quentes para peles quentes (pessoas de tonalidade mais dourada, normalmente com as veias esverdeadas no interior do pulso). Podem ser pessoas loiras, morenas ou ruivas e com sardas.

A melhor forma de descobrir o tom certo é mesmo testar in loco. Vão a uma loja de maquilhagem e experimentem. Existe uma palete enorme de tons de vermelhos, desde os mais frios, aos bordeaux, passando pelos alaranjados e rosados. Um desses, ou até mais do que um, será o vosso tom!

Alguma imagens para vos inspirar a usar um batom vermelho, este clássico que dá um toque especial a qualquer look – mesmo que seja um look simples, sem grandes “aperaltanços”.

Tom ideal para peles frias
Tom frio em pele fria – apesar das sardas
(como podem ver nem sempre a teoria pode
funcionar na prática e só mesmo testando)
Tom quente em pele quente
Esta é das “difíceis” de definir, mas
é uma pele fria com um vermelho frio.
No entanto, quase de certeza que uma pigmentação ligeiramente
mais “aberta” também poderia funcionar.
Pele fria e
tom vermelho frio.
Pele quente e tom quente
(reparem que é ligeiramente “acastanhado”,
portanto com pigmentos laranja.
Tom quente, a escladar!
Numa pele quente.
Tom quente e pele quente. Reparem no ar descontraído
que ficou muito mais sofisticado com este toque final!
Pele fria e tom frio.

E é isto!
Se há cor que nos pode ajudar a ficar com um ar mais SAUDÁVEL num dia de chuva, num dia em que o cabelo está péssimo ou em que nos apetece sair de casa com uma t-shirt e uns jeans – é mesmo esta!

Dificuldade em definir a peleta de cores do teu necessaire e em usá-las a teu favor? Envia as tuas questões para info@healthyproject.pt

Imagens @pinterest

0 Comentários

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.